sábado, 18 de julho de 2009

RETORNO À ÍNDIA

Quando Srila Prabhupada voltou à Índia em 1967, eu o recebi no aeroporto de Delli, ele havia me instruído para ir em um telegrama. Ele me contou coisas bonitas acontecidas e detalhes de sua pregação na América e, quão milagroso foi o resultado. Humildemente ele me disse que tudo foi devido à misericórdia de seu gurudeva e do desejo de Sri Caitanya Mahaprabhu e de seus associados. Uma coisa especial que ele me disse foi como ele cantou pela primeira vez o Maha Mantra Hare Krsna no Tompkins Square Park, Nova York, disse que cantou por muitas horas. E que mantinha os olhos fechados, dependendo apenas e completamente da misericórdia divina. Nós ficamos por sete dias no Radha Krsna Temple, Delli. E porque o Swami às vezes não se sentia bem ele me mandava junto com Kirtananda Das para representá-lo em sua pregação. Ele estava sempre nos encorajando para pregar fortemente. Depois de algumas semanas chegou outro discípulo, Acyutananda Das, veio para ficar em Vrndavana, e porque ele era discípulo de Swamij eu me sentava junto com ele e honrava sua prasada. Todos os Goswamis de casta e a maioria de seus irmãos espirituais nunca tomavam qualquer prasadam nem água que eles lhe ofereciam. A razão disto é que eles eram ocidentais e já haviam comido carne. Eu fui contra esta política e encorajei outros a aceita-los. Eu expliquei como a pregação do Swami era completamente autorizada e estava na linha de Guru Varga. Eu acho que hoje a maioria dos vaishnavas indianos tem aceitado isto. Em 1967, também ele veio visitar o meu Gurudev, seu sannyassa guru, Bhaktiprajanana Kesava Goswami Maharaja. Naquela hora meu Gurudeva estava com a saúde fraca e estava confinado em sua cama em Chincura, perto de Calcutá. E lá ele teve uma visita confidencial. Kesava Maharaja o parabenizou pelo serviço prestado a seu Guruji e expressou sua apreciação pela cooperação com o trabalho de pregação feito por Srila Prabhupada Swami. Em seguida, também falaram sobre como arranjar doação para o futuro templo de Mayapura com a ajuda de Gurudev. Srila Trivikrama Maharaja e Vamana Maharaj estavam presentes lá. Depois, em 1968, nosso Gurudeva partiu deste mundo. Swami mandou-nos uma carta de condolências. Em Seatle e Washington, ele falou sobre nosso Guruji e, descreveu a história da aceitação de sannyassa dele. Ele me requisitou: “Por favor, mande-me uma foto de seu Gurudev, Kesava Maharaja, e então colocarei num porta retrato junto com a nossa sucessão discipular.” Porém, não conseguimos mandar para ele na época, mas, eu sei que se mandássemos ele tinha feito isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Maha Mantra



Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama Hare Hare



LOTUS

Sri Guru-carana-padma


Sri Guru-carana-padma

Os pés de lótus de Sri Guru

Srila Narottama dasa Thakura


sri guru-carana-padma, kevala bhakti-sadma

vando mui savadhana mate

jahara prasade bhai, e bhava toriya jai

krsna-prapti hoya jaha ha’te


Os pés de lótus de Sri Gurudeva são o depósito de riquezas de sri, prema-bhakti imaculada por Krsna. Mui cuidadosamente adoro e sirvo estes pés de lótus (gurupada padma). Por sua misericórdia, ó irmão, qualquer um pode atravessar este vasto oceano de miséria e alcançar os pés de lótus de Sri Krsna.

guru-mukha-padma-vakya, cittete koriya aikya

ara na koriho mane asa

sri guru-carane rati, ei se uttama gati

je prasade pure sarva asa

As palavras que emanam da boca de lótus de Sri Gurudeva devem ser abraçadas dentro do coração. Nenhuma aspiração, além de suas palavras, deve lá entrar porque suas instruções conduzem-nos ao objetivo mais elevado – rati, ou apego aos seus pés de lótus. Por sua graça, todos nossos desejos por perfeição espiritual são satisfeitos.

caksu-dana dila jei, janme janme prabhu sei

divya-jñana hrde prakasito

prema-bhakti jaha hoite, avidya vinasa jate

vede gaya jahara carito

Ele me concede a dádiva da visão transcendental e ilumina o meu coração com conhecimento transcendental. Ele é meu mestre nascimento após nascimento. Dele emana prema-bhakti, amorosa devoção divina, pela qual a ignorância é destruída. As escrituras védicas cantam o seu caráter.

sri guru karuna-sindhu, adhama janara bandhu

lokanatha lokera jivana

ha ha prabhu koro doya, deha more pada-chaya

tuwa pade lainu sarana

(ebe jasa ghusuka tribhuvana)

Sri Gurudeva é o oceano de misericórdia, o maior amigo dos desamparados, a vida e alma de todos! Ó mestre, seja misericordioso! Ai de mim! Ó Gurudeva, dê-me sombra aos seus pés de lótus – pois a eles me rendi. (Agora sua fama se espalhará por todo os três mundos).


Ocorreu um erro neste gadget
dandavats e pranamas , hare krsna ! obrigada da visita , sempre bem vindos , haribol ... Jaya Srila Gurudeva , Srila Prabhupada Ki Jay !